As lesões músculo-esqueléticas têm uma grande incidência na saúde pública contribuindo para a incapacidade em atividades profissionais e desportivas.

As ligaduras funcionais são uma das “ferramentas” que contribuem para a melhoria dessas lesões seja em casos agudos/crónicos, seja preventivamente.

Os formandos ficarão a saber o que é uma Ligadura Funcional, quais os materiais a utilizar e o seu manuseamento, como aplicar a Ligadura Funcional de acordo com a lesão apresentada e a evidência científica que a sustenta.

 

Objetivos gerais:

  • Reconhecer a Ligadura Funcional face a outros meios de contenção;
  • Tipos de Ligaduras Funcionais;
  • Reconhecer os materiais a utilizar para a sua realização;
  • Indicações e contra-indicações;
  • Cuidados a ter com a pele.

 

Objetivos específicos:

  • Conhecer e aplicar correctamente uma Ligadura Funcional, de acordo com a condição clínica, de forma efectiva, de acordo com evidência científica.

Introdução e conceitos para a aplicação de ligaduras funcionais:

  • Conceito de Ligadura Funcional:
  • Indicações e contra-indicações;
  • Caracterização e demonstração dos materiais e equipamentos;
  • Descrição e demonstração prática dos princípios básicos de aplicação;
  • Cuidados com a pele e preparação para aplicação

 

Aplicação prática:

  • Ligaduras funcionais nas articulações do Tornozelo, Joelho e Punho
  • Ligaduras funcionais em condições especificas como Fasceite Plantar; Tendinopatias; Entorses do Tornozelo; Roturas Musculares; Hallux valgus (joanete); Instabilidade patelar; Instabilidade do Joelho.

Osteopatas e alunos finalistas da Licenciatura em Osteopatia.

Data limite de inscrição – 20 de junho

Aluno da ESSATLA?

SimNão

Se sim, indique o número de aluno:


O pagamento pode ser feito por transferência bancária:
IBAN: PT50 0007 0042 0002 7020 0084 1
SWIFT/BIC: BESCPTPL

Comprovativo de pagamento

1. O subscritor do presente documento, enquanto titular dos dados fornecidos, autoriza, expressamente, a ESSATLA - Escola Superior de Saúde Atlântica - E.I.A. - Ensino, Investigação e Administração, S.A. a proceder ao tratamento informático dos dados pessoais a ele respeitantes e por ele fornecidos, mantê-los durante todo o tempo que considere relevante e seja legalmente admissível, decorrentes do processo de candidatura, inscrição e gestão de informação relativos ao estudante. A omissão ou incorrecção dos dados fornecidos é da responsabilidade do subscritor.

2. ESSATLA - Escola Superior de Saúde Atlântica fica expressamente autorizada a, nos termos e para os efeitos previstos na legislação aplicável (i), ceder ou transmitir os elementos e dados acima referidos às sociedades por si direta ou indiretamente dominadas, controladas ou participadas (ii) transmitir às entidades de tutela, de supervisão e outros organismos públicos a informação a que se encontre adstrita, se prejuízo dos direitos de acesso, retificação ou outros conferidos por lei ao titular dos dados (iii) utilizá-los para dirigir ações de comunicação e marketing, nomeadamente para promoção dos serviços que presta e tipos de formação que assegura.

3. O subscritor fica por este meio informado que a ESSATLA - Escola Superior de Saúde Atlântica está sujeita a obrigações legais de prestação de informação que podem abranger dados pessoais que lhe digam respeito.

4. O subscritor, enquanto titular dos dados, tem direito de acesso aos dados sobre ele registados, bem como o direito de exigir a correção da informação inexatas, o completamento das informações total ou parcialmente omissas, bem como a supressão das que tenham sido obtidas sem a sua autorização.