Programa de formação Complementar em Osteopatia

para detentores de cédulas profissionais provisórias

No âmbito do disposto no n.º 3 do artigo 4.º da Portaria n.º 181/2014 de 12 de Setembro, todos os Osteopatas aos quais foram atribuídas cédulas provisórias para o exercício da sua atividade, terão que realizar, de acordo com a matriz de créditos definida pela Administração Central dos Serviços de Saúde (ACSS), formação complementar ao nível do ensino superior distribuída pelos vários componentes de formação, no período de tempo definido pela ACSS para o efeito.

Esta formação para os detentores de cédula provisória, não é conferente de grau e tem por objetivo, desde que concluída com aproveitamento, a obtenção da cédula definitiva.

O Programa de Formação será integrado na Licenciatura, lecionado por docentes da Licenciatura e constituído por Unidades Curriculares da mesma, pelas quais os Detentores de Cédula provisória serão distribuídos em função dos ECTS a obter de acordo com a tabela definida pela ACSS.

A distribuição dos ECTS pelas Unidades Curriculares, procurará ir ao encontro da necessidade formativa de cada detentor de cédula provisória, tendo por base a avaliação do seu currículo no que respeita à sua formação e percurso profissional.

O Programa de Formação pode ser consultado na seguinte tabela: Tabela

MAIS INFORMAÇÕES

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Estamos à disposição para esclarecer qualquer dúvida.