Pós-licenciatura de Especialização em Enfermagem de Saúde Materna e Obstétrica

Mãe a abraçar recém-nascido - Pós-licenciatura de Especialização em Enfermagem de Saúde Materna e Obstétrica

Pós-licenciatura de Especialização em Enfermagem de Saúde Materna e Obstétrica

Categorias

Especialidade
Solicitar Informações



Condições de Acesso

Consulte aqui

opened-email-envelope  estudosposgraduados@uatlantica.pt


calendar  21 de outubro 2021


clock-circular-outline  1680 horas


exam   120 ects


calendar (1)   Presencial: quinta-feira:17h-21h / sexta-feira:14h-21h / sábado:09h-18h


translation    PT


placeholder    Atlântica


O Curso de Pós-Licenciatura de Especialização em Enfermagem de Saúde Materna e Obstétrica visa assegurar a aquisição de competências necessárias ao enfermeiro especialista da área de Saúde Materna e Obstetrícia, desenvolver capacidades de investigação e que as utilizem no desenvolvimento da profissão, colaborando na elaboração de novas políticas de saúde. Contribuir para o desenvolvimento da Enfermagem de Saúde Materna e Obstetrícia, nomeadamente através do ensino e da formação.

A prática de cuidados de enfermagem tem sofrido ao longo dos anos alterações relacionadas com a evolução tecnológica, científica e sócio cultural, há uma preocupação em melhorar a qualidade dos cuidados prestados. A formação que se faz a nível inicial pretende preparar os enfermeiros para uma enfermagem em saúde materna e obstetrícia moderna e evoluída, no entanto existe a necessidade de especializar enfermeiros em determinadas áreas para que esta qualidade de cuidados seja cada vez mais específica e individualizada.

 

O aumento exponencial de enfermeiros especialistas em saúde materna e obstetrícia no exercício da prática clínica impulsiona em simultâneo o cumprimento das regras de ética e deontologia profissional ao dotar o enfermeiro de mais recursos para desenvolver respostas adaptadas a situações específicas e de grande complexidade.

 

Considerando a Enfermagem em Saúde da Materna e Obstétrica uma área de extrema importância para a saúde da mulher e da criança, no nosso país existe a necessidade crescente da formação de profissionais nesta área para que o cuidar em enfermagem seja cada vez mais especializado e promova os projectos de saúde de cada individuo.

 

Para tal e de acordo com o artigo 9º do Decreto – Lei 353/99 de 03 de Setembro, que faz referência aos Cursos Pós Licenciatura de Especialização em Enfermagem elaborou-se o presente documento para dar a conhecer o plano de estudos do Curso de Pós – Licenciatura de Especialização em Enfermagem de Saúde Materna e Obstétrica (CPLEESMO) da ESSATLA.

A criação deste curso visa assegurar a aquisição de competências necessárias ao enfermeiro especialista da área de Saúde Materna e Obstetrícia.

Curso aprovado pela Portaria n.º 3127/2021, do DR nº 121/2021, Serie I de 24.06.2021

Pretende-se que o formando/enfermeiro ao longo do curso adquira e/ou desenvolva as seguintes competências:

Competências comuns do Enfermeiro especialista

  1. Competências do domínio da responsabilidade profissional, ética e legal:
  2. a) Desenvolve uma prática profissional e ética no seu campo de intervenção;
  3. b) Promove práticas de cuidados que respeitam os direitos humanos;
  4. Competências do domínio da melhoria contínua da qualidade:
  5. a) Colabora em programas de melhoria contínua da qualidade
  6. Competências do domínio da gestão dos cuidados:
  7. a) Otimiza o processo de cuidados ao nível da tomada de decisão;
  8. b) Adapta a liderança e a gestão dos recursos às situações e ao contexto visando a otimização da qualidade dos cuidados.
  9. Competências do domínio das aprendizagens profissionais:
  10. a) Desenvolve o autoconhecimento e a assertividade;
  11. b) Baseia a sua praxis clínica especializada em sólidos e válidos padrões de conhecimento.

 

2.Competências específicas do Enfermeiro especialista em Enfermagem de Saúde Materna e Obstétrica

  1. a) Cuida a mulher inserida na família comunidade no âmbito do planeamento familiar e durante o período pré conceptional;
  2. b) Cuida a mulher inserida na família e comunidade durante o período pré natal;
  3. c) Cuida a mulher inserida na família e comunidade durante o trabalho de parto;
  4. d) Cuida a mulher inserida na família e comunidade durante o período pós-natal;
  5. e) Cuida a mulher inserida na família e comunidade durante o período do climatério;
  6. f) Cuida a mulher inserida na família e comunidade a vivenciar processos Saúde/doença ginecológica;
  7. g) Cuida o grupo alvo (mulheres em idade fértil) inserido na comunidade.

Os formandos devem também desenvolver capacidades de investigação e que as utilizem no desenvolvimento da profissão, colaborando na elaboração de novas políticas de saúde. Contribuir para o desenvolvimento da Enfermagem de Saúde Materna e Obstétrica, nomeadamente através do ensino e da formação;

Desenvolver competências de investigação em Enfermagem de Saúde Materna e Obstétrica;

Desenvolver competências de gestão, educação para a saúde e supervisão clínica.

Os candidatos devem reunir as seguintes condições:

  • No cumprimento do artigo 17º do DL n.º 74/2006, de 24 de março, alterado pelo DL n.º 107/2008 de 25 de junho:

 

-Ser titular do grau de licenciado em Enfermagem, ou equivalente legal;

 

  • Nos termos do n.º 3 do art.º 4º da Lei n.º 111/2009 de 16 de setembro e para os efeitos previstos no n.º 3 do artigo 7º do Estatuto da Ordem dos Enfermeiros na sua versão originária:

 

-Ser detentor do título profissional de enfermeiro;

 -Ter pelo menos dois anos de experiência profissional como enfermeiro (aplicável para a obtenção do título de enfermeiro especialista pela Ordem dos Enfermeiros).

Tens dúvidas ou precisas de mais informações?