Pós-Graduação em Atualização em Saúde Materna e Obstetrícia

Solicitar Informações

A mãe e o recém-nascido necessitam de cuidados maternos e neonatais, prestados por profissionais de saúde altamente qualificados, com conhecimentos teóricos e práticos de elevada exigência, suportados em guidelines nacionais e internacionais, conhecimento estratégico, organizacional e tecnológico.  A prestação de cuidados de saúde de qualidade pode fazer a diferença entre a vida e a morte, tanto para a mãe como para o recém-nascido, já que as complicações são na sua maior parte imprevisíveis e podem rapidamente tornar-se numa ameaça à vida (WHO, 2005).

“As mortalidades materna e neonatal são mais baixas nos países onde esta população usufrui dos cuidados de profissionais qualificados… e outros recursos necessários à resolução eficaz e atempada das eventuais complicações” (WHO, 2005). A taxa de mortalidade materna em Portugal no ano de 2015, e da análise comparativa efetuada com anos anteriores, conclui-se que há uma clara inversão piramidal, relativamente à média da União Europeia (EU). A taxa de mortalidade materna do ano de 2015 para UE28 foi de 4,4%, Portugal alcançou no mesmo ano o valor de 7,0%, apenas ultrapassados por países como a Lituánia, Roménia e Letónia. É claramente urgente tomar consciência deste problema e agir de acordo com esta informação. A qualidade dos cuidados prestados faz por isso a diferença, as iniciativas a médio-longo prazo e os esforços para garantir a presença de profissionais qualificados na prestação de cuidados de saúde permitem obter resultados satisfatórios.

As boas práticas na assistência à grávida, puérpera e recém-nascido, são uma corrente reconhecida por organizações representativas e aplicadas pelas instituições de saúde no sentido do bem cuidar os seus clientes (WHO, 2010).

A exigência da ciência e do saber, a adequação do ensino, a atualização dos conhecimentos anteriormente adquiridos, a continuação da prática baseada na evidência científica, serão um forte impulso na melhoria da assistência e do cuidado prestado. Neste sentido, surge a Pós-Graduação em Atualização em Saúde Materna e Obstetrícia, que visa a atualização do conhecimento aplicado à prática, por forma a incrementar a qualidade na prestação dos cuidados nesta área especifica, numa perspetiva técnica e humanista, e consequentemente, para o reconhecimento pessoal e profissional dos profissionais que trabalham especificamente neste âmbito.

Objectivos Gerais

  • Promover a atualização de conhecimentos especializados e de formação técnica avançada na área de saúde materna e obstetrícia, que lhe permita atuar como conselheiro e perito no que se refere à área de especialidade em particular
  • Aplicar os conhecimentos especializados, de compreensão e de resolução de problemas em situações complexas relacionadas com a área de especialidade à mulher, recém-nascido e comunidade
  • Integrar conhecimentos para lidar com as situações complexas da área de especialidade, formulando juízos diagnósticos, terapêuticos e éticos
  • Aplicar os padrões de qualidade dos cuidados médicos e de enfermagem especializada em saúde materna e obstétrica, estabelecidos a nível nacional e internacional
  • Intervir ativamente no desenvolvimento de políticas, na implementação de estratégias e programas locais e regionais, no que concerne à saúde materna e obstétrica e à saúde reprodutiva da mulher

 

 

Objetivos Específicos

  • Promover a autonomia profissional do EESMO na vigilância da mulher na fase pré-concepcional e nas gestações de baixo risco, entendidas como aquelas em que estão envolvidos nos processos fisiológicos e processos de vida normais da mulher no âmbito da saúde materna e obstétrica
  • Colaborar com outros profissionais nas situações de infertilidade e de gestações de médio e alto risco, entendidas como aquelas em que estão envolvidos processos patológicos e processos de vida disfuncionais da mulher no âmbito da saúde materna e obstétrica
  • Desenvolver aptidões cognitivas e técnicas que permitam ao médico obstetra e EESMO uma participação ativa na equipa de cuidados materno-fetais e na tomada de decisão nas práticas médicas e de enfermagem no âmbito da saúde materna e obstétrica
  • Agregar conhecimentos na área da fisiopatologia materno-fetal
  • Compreender os processos de gravidez, maternidade e parentalidade, numa perspetiva psicológica
  • Adquirir competências no domínio dos cuidados médicos obstétricos e de enfermagem especializados na gravidez e preparação para o nascimento e parentalidade
  • Desenvolver competências para a promoção da adaptação ao processo de parentalidade
  • Integrar competências para intervir, na preparação da mulher/família para o parto
  • Consolidar competências para intervir no acompanhamento da mulher/família em situação de trabalho de parto
  • Promover o desenvolvimento de conhecimentos de diagnóstico e intervenção na preparação e acompanhamento da mulher/família em situação de trabalho de parto
  • Desenvolver competências que permitam intervir, no domínio dos cuidados de saúde especializados, na preparação e acompanhamento da mulher/família em situação de trabalho de parto
  • Adquirir competências que permitam intervir no domínio dos cuidados de saúde especializados à mulher, recém-nascido e família em situação de parto e de puerpério normal e patológico
  • Promover o desenvolvimento de conhecimentos sobre lactação e capacidades para agir face ao processo de amamentação
  • Adquirir conhecimentos sobre ecografia fetal
  • Adquirir conhecimentos sobre exames complementares de diagnóstico (MCD)
  • Desenvolver experiência prática com a técnica de aquisição de cardiotocogramas
  • Identificar os medicamentos e a sua ação no âmbito da obstetrícia
  • Desenvolver competências na nutrição e alimentação materna
  • Abordar as Urgências/Emergências Obstétricas, segundo protocolos e guidelines nacionais e internacionais
  • Desenvolver competências necessárias em situações de Urgência/Emergência em Obstetrícia, Anestesiologia e Neonatologia, de modo a diminuir o risco de morte da mãe durante a gravidez, mortalidade fetal, perinatal e neonatal
  • Agregar conhecimentos na área da intervenção anestésica em urgência/emergência obstétrica e analgesia de trabalho de parto
  • Consolidar competências para intervir no acompanhamento da mulher/família em situação de trabalho de parto

 

Cristina Leite Pincho

Constança Cordeiro Ferreira

Outros Peritos Convidados (a aguardar confirmação)

Médicos Especialistas e/ou do Internato da Especialidade de Ginecologia/Obstetrícia

Enfermeiros Especialistas em Saúde Materna e Obstetrícia (EESMO) e/ou do Curso de Pós-Licenciatura em EESMO

Ana Couto

Licenciada em enfermagem.

Mestre em Engenharia da Saúde.

Doutorada em Investigação Biomédica e Biotecnologia.

 

Ana Ferreira

Enfermeira no Serviço de Cuidados Intensivos Pediátricos- Hospital Pediátrico de Coimbra, CHUC.

Enfermeira Especialista em Saúde Infantil e Pediatria.

Mestre em Saúde Infantil e Pediatria.

Instrutor Internacional dos Cursos: PALS e ITLS.

 

António Braga

Médico especialista em Ginecologia/Obstetrícia.

 

Arminda Nunes

Enfermeira Especialista em Enfermagem de Saúde Materna e Obstétrica na ARS Norte – ACeS Gaia/Espinho.

Mestre em Ciências de Enfermagem.

Pós-Graduada em Gestão e Administração de Serviços de Saúde.

Instrutora em Massagem Infantil certificada pela International Association of Infant Massage (IAIM).

 

Bruno Reis

Enfermeiro Especialista em Enfermagem de Saúde Materna e Obstétrica no Centro Hospitalar Baixo Vouga – Unidade de Aveiro.

Pós-graduado Enfermagem no Trabalho.

Pós-Graduado em Administração e Gestão Publica.

 

Catarina Monteiro

Médica Especialista de Medicina Interna.

Médica Especialista em Medicina Intensiva.

Formadora de SAV certificada pelo INEM.

Formadora do Curso BASIC (Basic Assessment and Support in Intensive Care). Colabora nos Cursos de SAV para os alunos de 6º ano do Curso de Medicina da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra.

 

Centro Materno-Fetal de Barcelona

Convidado Internacional.

Fundação focada na promoção do conhecimento em medicina fetal.

 

Constança Cordeiro Ferreira

Fundadora do Centro do Bebé. Terapeuta de bebés e conselheira de amamentação OMS/Unicef.

Autora de “Os Bebés Também Querem Dormir” e “O Livro de Magia das Mães”.

 

Cristina Leite Pincho

Licenciada em Ciências Sociais, nas áreas de Política Social e de Psicologia.

Consultora de Lactação Certificada Internacionalmente, IBCLC.

Autora de “Amamentar: A Escolha Natural para o seu Bebé”.

 

Diogo Bruno

Médico especialista em Ginecologia/Obstetrícia.

 

Dora Fernandes

Enfermeira Especialista em Enfermagem de Saúde Materna e Obstétrica no Hospital Senhora da Oliveira – Guimarães.

 

Isabel Guerreiro

Enfermeira Especialista em Enfermagem de Saúde Materna e Obstétrica no Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio – Hospital de Portimão.

 

João Borges

Enfermeiro no Serviço de Pediatria, Neonatologia e Urgência Pediátrica do HDFF.

Enfermeiro Especialista em Saúde Infantil e Pediatria.

Mestre em Saúde Infantil e Pediatria.

Mestrando em Gestão e Economia da Saúde.

Pós-Graduado em Economia e Gestão em Organizações de Saúde.

Instrutor Internacional nos cursos: PALS, e ITLS.

 

José Miguel Raimundo

Médico especialista em Ginecologia/Obstetrícia.

 

Lídia Pereira

Enfermeira Especialista em Enfermagem de Saúde Materna e Obstétrica no Hospital Dr. Nélio Mendonça – Funchal.

 

Maria de Lurdes Silva

Licenciada em Enfermagem. Licenciada em Sociologia.

Mestrado em Gerontologia Social.

Pós-Graduada em Administração e Gestão de Saúde.

 

Mariana Torres

Médica especialista em Ginecologia/Obstetrícia.

Conselheira em Aleitamento Materno pela OMS/UNICEF.

Vice-presidente da Associação Portuguesa pelos Direitos da Mulher na Gravidez e Parto.

 

Mónica Tábuas

Enfermeira Especialista em Enfermagem de Saúde Materna e Obstétrica no Centro Hospitalar Lisboa Norte, EPE – Hospital Santa Maria.

Integrou a Equipa Pedagógica dos Cursos de Pós-Licenciatura de Especialização em Enfermagem de Saúde Materna e Obstétrica na Escola Superior de Saúde da Cruz Vermelha Portuguesa.

 

Paulo Oliveira

Enfermeiro no Serviço de Medicina Intensiva do CHUC-HUC.

Enfermeiro Especialista em Enfermagem Médico-Cirúrgica, vertente do Doente Crítico.

Mestre em Enfermagem Médico-Cirúrgica.

Pós-Graduado em Urgência/Emergência.

Pós-Graduado em  Economia e Gestão em Organizações de Saúde.

Instrutor Internacional dos Cursos: First Aid, CPR e AED; DAS; ECSI (Emergency Care and Safety Institute) e ASHI (American Safety and Health Institute).

 

Rita Grilo

Enfermeira Especialista em Enfermagem de Saúde Materna e Obstétrica no Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio – Hospital de Portimão.

Mestre em Enfermagem de Saúde Materna e Obstétrica.

 

Sara Amaral

Enfermeira Especialista em Enfermagem de Saúde Materna e Obstétrica no Hospital do Divino Espírito Santo – S. Miguel.

 

Vanessa Batista

Enfermeira Especialista em Enfermagem de Saúde Materna e Obstétrica no Centro Hospitalar Gaia/Espinho.

 

Tatiana Domingues

Enfermeira Especialista em Enfermagem de Saúde Materna e Obstétrica.

 

Wilson Moleiro

Enfermeiro Especialista em Enfermagem de Saúde Materna e Obstétrica no Centro Hospitalar do Oeste – Unidade das Caldas da Rainha. Pós-Graduado em Urgência/Emergência e Gestão em Saúde.

Professor/Coordenador do Curso de Pós-Graduação Avançada do Doente Crítico.

Instrutor/Coordenador Internacional dos cursos: First AID, CPR e AED, Emergency Medical Response, ACLS, PALS,ITLS, EMPACT e ALSO.

Estamos à disposição para esclarecer qualquer dúvida.

ESSATLA

Fábrica da Pólvora de Barcarena
2730-036 Barcarena
Portugal

Call Center / Informações

Telefone: +351 707 502 123

E-mail: info@uatlantica.pt

Centro de Informática

Telefone: 21 439 82 34

E-mail: suporte@uatlantica.pt

TOP